...leia aqui crônicas, veja as artes, soluções diversas...

Luiz Komoda




(18) 3222-4506
(18) 98806-7622 (oi)

Presidente Prudente

komoda@kompre.com.br

Ex-violentos - sim, há esperança nesta vida!

02/07/2014 15:51

            Ex-violentos   

         A boa e má notícia: primeiro esta, depois aquela. A má notícia não exige esforço para acessar, está ao alcance de um clique do controle de televisão ou abrir as páginas de um jornal. Ou mesmo em rodas de amigos, logo surge o assunto de algo atroz cometido por uma pacata avó contra inocente criança de 2 anos, por exemplo.
 

        Barbáries humanas antes estavam restritas à mídias especializadas como o jornal Notícias Populares e programa radiofônico do Gil Gomes. Hoje, quase todas emissoras noticiam ocorrências policiais.

Até mesmo nosso “futebol arte” hoje está se tornando “futebol gerra”. Empurrões, chutes não na bola e até dentada no corpo do adversário. Isto está sugerindo a criação de outra tabela que mostre quem vence (na verdade deveria perder o jogo) em número de agressões.
       Por outro lado, a mídia de Deus, a Bíblia Sagrada, mostra sua atualidade no texto profético de Paulo em 2 Timóteo 3:1 a 3: “Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus,”. “Cruéis” é uma palavra chave: mostra como Deus está ligado em tudo, vendo e anotando cada ato humano.
       E Paulo revela a gravidade em 1 Coríntios 6:9, 10, 17: “Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus”. Os versos 9 e 10 dizem que homossexuais estão fora do Reino de Deus junto com ladrões, avarentos (incluídos os corruptos) e mentirosos (mesmo os que praticam “mentirinhas”).
       Mas esse problema é remediável. A boa notícia diz, no verso 11, que os “ex” tudo isso podem sim, reverter a situação! “Assim foram alguns de vocês. Mas vocês foram lavados, foram santificados, foram justificados no nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito de nosso Deus”. Basta atentar para o Espírito Santo e aliar-se a Jesus. Para que o Seu sangue derramado no calvário lave seus pecados para mudar o “status” de perdido para remido por Jesus. Daí em diante deixará de ser a velha criatura pecadora e será amigo pesquisador das Escrituras (só amigo conhece o outro em profundidade, não superficialmente): “Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque pensam que nelas vocês têm a vida eterna. E são as Escrituras que testemunham a meu respeito;” (João 5:39) para contar as bênçãos da amizade com Jesus.
       Se você não acredita que é simples assim, um exemplo vivo é uma pessoa que “não foi nenhuma flor que se cheire”. É este escritor! Mas Jesus fez o seguinte: “De novo terás compaixão de nós; pisarás as nossas maldades e atirarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar”. (Miquéias 7:19). Ele é Nosso Advogado: “Meus filhinhos, escrevo a vocês estas coisas para que vocês não pequem. Se, porém, alguém pecar, temos um intercessor junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo. Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo o mundo. Sabemos que o conhecemos, se obedecemos aos seus mandamentos. Aquele que diz: "Eu o conheço", mas não obedece aos seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele. Mas, se alguém obedece à sua palavra, nele verdadeiramente o amor de Deus está aperfeiçoado. Desta forma sabemos que estamos nele: aquele que afirma que permanece nele deve andar como ele andou”. (1 João 2: 1 a 6).  Esse poder para ser fiel não é mérito humano mas vem de Deus. Está à disposição de atuais violentos e pecadores que desejem se tornar “ex” tudo isso!

        Está escrito na Bíblia Sagrada.